sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Tome mais um gole...

E pra quem pensava que o truque de embebedar uma pessoa era só dos canalhas que queriam levar a mocinha pra cama, ou das "espertinhas" que queriam seduzir o rapaz para dar o golpe do Baú, tem mais história do que poderíamos imaginar.
Um artigo da revista Super Interessante, o assunto; Alcool.
Me chamou atenção algo que sempre me perguntei. Como as pessoas ingeriam alcool antigamente?
E não me surpreendi com a resposta. Nem mesmo a parte em que fala que, até as crianças ingeriam alcool em quantidades consideradas chocantes hoje em dia. Fiquei chocada sim, quando assisti alguns filmes, sobre a os romanos. Como eram terríveis, e nojentos.
O que me prendeu mesmo, foi saber que, desde de muito tempo as pessoas utilizavam a bebida não só para a diversão, mas para enganar aos outros. Manipular as pessoas. E como elas, possivelmente não tinham consciência de seus atos, a covardia em encarar a realidade frente, faziam com que elas recorressem ao alcool.
Exemplos; O pagamento dos trabalhadores que construíam as pirâmides de Gizé no Egito era, cinco litros de cerveja por dia. Acreditava -se que o alcool ajudaria a não deixar os trabalhadores cansados, e que aguentariam uma jornada puxadissima.
Ou seja, é quase igual ao que muitos cantores fazem, esquentam a garganta com alguma bebida para depois cantar a noite inteira. Acontece que não existe esquentar, e sim, anestesiar, então é quando se faz todo o tipo de esforço vocal sem nem perceber, e pensa que está tudo bem. A maioria de nós não temos o costume de ir ao Fonoaudiologo ou ao Otorrino, a não ser que se vá em algum médico e ele aconselhe que você procure um Urgentemente. Enfim, o resultado desse pequeno abuso, pode ser catastrofico, pelo menos alguns Edemas, ou úlceras e granulomas, até mesmo um câncer. Mas você não vai sentir isso na hora.
Continuando o assunto sobre bebidas alcoolicas,... a cerveja já tinha caído no gosto do povo, já não era uma exclusividade da elite, então migraram para o Vinho. Em roma o Vinho era produzido em grande escala, por causa das exportações, e tinha utilidade para os soldados quando saíam, como a de desinfetar a água, pelos lugares onde passavam, além disso descobriram também que poderiam vencer seu inimigo com a bebida, um verdadeiro presente de Grego, embora a la romanos. Eles chegavam no lugar alvo de sua conquista, e se faziam de amigos, oferecendo a bebida, como no dia seguinte estavam todos de ressaca, os romanos voltavam e os massacravam. Golpe baixo ou esperteza?
Claro que nem tudo são espinhos, mais tarde foi descoberto o lado bom do alcool.
No século XIV foi a salvação para os Belgas, pois a peste negra ja tinha tomado conta dos povos Europeus, matando 90% dos seus. Quando a peste chegou a Oudenburg o Abade local, obrigou todos a beber cerveja, assim resistiram a peste, e mais tarde o abade foi canonizado e virou Santo Arnoldo, o padroeiro da cerveja.
E nos dias de hoje não é diferente, a não ser pelo fato de que existe motores e muita velocidade, uma arma sobre rodas nas mãos dos pinguços. Cada ano que se passa, as descobertas a favor do alcool são super vantajosas, desde combustível á ajuda no tratamento de uma doença.

domingo, 26 de dezembro de 2010

Séra que vai dar certo?


Todos os dias no Twitter eu fico procurando as atualizações do dia, me mantendo informada, tem lá algumas besteirinhas de revistas de mulher, que geralmente me são úteis, principalmente por causa das receitas culinárias, e cuidados com a pele. Enfim não é disso que quero falar. Dia 26 de Dezembro foi publicado no jornal do Estadão online uma notícia que me deixou feliz e com um pouquinho de dúvida, mas, vamos a ela. Em agosto de 2010 foi sancionada pelo presidente Lula uma lei que prevê a substituição de lixões por aterros sanitários, - "a criação de planos municipais, estaduais e federal para a gestão dos resíduos; e o incentivo a linhas de financiamento de cooperativas, que devem auxiliar a coleta seletiva e a logística reversa de produtos." -Estadão. Mas, por enquanto a meta é, que as pessoas separem o lixo seco, do lixo úmido, ou seja, o orgânico do inorgânico, pra ser mais específico, os restos de comida, frutas, verduras e legumes estragados, separados das sacolinhas plásticas, garrafas peti, papéis e etc. Caso não seja cumprido, as pessoas poderão ser submetidas a multas de 50 a 500 Reais, que podem ser convertidas em serviços de preservação, melhoria e recuperação da qualidade do meio ambiente. Está incluso também uma multa de 5 mil e 50 milhões de Reais para infrações ambientais, como o lançamento de resíduos sólidos em praias e/ou rios. E para a importação de resíduos perigosos os valores podem chegar a 10 milhões. Ao mesmo tempo em que fiquei feliz, não pude deixar de pensar que mais uma vez, as pessoas precisam ser tratadas a ferro, ou quase. Essa seria uma medida desnecessária, se as pessoas pensassem mais antes mesmo de atirar um papelzinho de balinha no chão. Quem já ouviu aquele dito, "De grão em grão a galinha enxe o papo", é quase igual a, de papelzinho em papelzinho as pessoas inundam uma cidade. Tudo bem, essa eu inventei, mas tem a ver.
E depois dessa vamos ver o que vai acontecer.

Meu Natal...

Em pleno fim de ano, eu estava me sentindo entendiada. Parece que nada muda. O ano é novo, mas as coisas continuam iguais, parece até um círculo vicioso. No natal, as pessoas comemoram e bebemoram muito, num termo mais grosseiro, elas "enchem a cara de cachaça". No dia 31 de Dezembro todos se reúnem, em algum lugar para festejar e prestigiar os Shows Pirotecnicos, desde os fogos importados, até aqueles que te sufocam com tanta fumaça, e como não poderia faltar... Mais bebidas. Quase esqueci de mencionar aqueles parentes e vizinhos inoportunos, que chegam na sua casa, na maior cara de pau, com um sorriso mais falso do que um aparelho do Paraguai, ou no nosso caso, da Bolívia, e ficam observando tudo na sua casa, desde o detalhe da porta, até o cisco na estante, as vezes dá a impressão de que as pessoas usam as festas como desculpas pra ficar bisbilhotando a casa dos outros, claro que isso não se aplica a todos, e também não sou uma egoísta que não sabe se confraternizar, mas, é uma realidade e acontece. Para provar de que sei do que estou falando, quando era pequena, minha família foi convidada para ir a um jantar, um amigo do meu pai se ofereceu para nos levar. Todo mundo arrumadinho, eu estava me sentindo no vestido novo que a mamãe me deu. Peguei o meu irmão no colo e fomos todos. Conversa vai, conversa vem e a noite já estava acabando, eu pingava de sono, meu irmão já dormia no cantinho, meus pais disseram que tinham que ir, por causa das crianças. Despedida cheia de beijos de abraços, com enormes e sinceros desejos de um feliz ano novo. Distante dali, no carro o amigo do meu pai começou a comentar com sua esposa, então ela contou detalhes da casa, que o arroz não estava do seu agrado, que as uvas passas estavam passadas demais, que a carne estava muito vermelha, e de como ela nunca tinha reparado que a dona da casa tinha uma voz meia irritante, e isso foi só o começo da conversa. Quando chegamos em casa, minha mãe me disse, que não era pra fazer isso jamais, que precisamos respeitar as pessoas, e que eu fizesse de conta que nunca ouvi aquilo. Com o passar dos anos, eu vi acontecer a mesma coisa, na Páscoa, aniversários, casamentos...
Passamos a comemorar em casa, de vez em quando vem algum vizinho ou parente, e para ser bem sinceram eu não gosto muito dos fogos, me incomodam os ouvidos, e o cheiro então, tem mulher que deveria ficar irada, porque vai ao salão, fica horas arrumando o cabelo, alisando e deixando cheiroso, lindo e maravilhoso, então vai para assistir fogos de artifícios e além do cheiro de pólvora e ainda fixa aquele cheiro terrível da fumaça de cigarro. Outra coisa que odeio, não sou fumante e sou obrigada a fumar.
Este ano, sem planejar nada, resolvi dar uma caminhada, então chamei meu irmão pra andar um pouco, fomos num bosque, se é que se pode chamar de bosque, mas é um lugar interessante, é pequeno, mas tem bastante árvores e um córrego que infelizmente já virou uma espécie de esgoto para óleo doméstico, tiramos alguns lixos da água, ficamos observando a mata. Depois fomos para casa tomamos um banho, e disse e meu irmão que estava morrendo de vontade de ir ao monte denovo, agora chamado Monte Horebe, é um lugar lindo, ali tem uma vista maravilhosa da cidade. Então colocamos nossos tênis e fomos, "ali" do outro lado da cidade, pelo nosso rítmo até que chegamos rápido, antes de chegar lá tivemo um difícil trabalho de não adotar uma cadelinha lindíssima e fofa que estava numa calçada, aliás, ela ja tinha dono, pois estava bem cuidada, apenas examinamos de maneira superficial porque ela arrastava tanto a barriga no chão, constatamos que ali tinha um carocinho, provavelmente aquilo a incomodava, mas seus dentes estavam perfeitos, e não fedia. Ela tentou nos seguir, e fomos andando, quem sabe o dono aparecesse, deveria ter saído de casa ou dormindo por causa da ressaca.
Chegando no monte começamos a subir, e subir e andar, pulando pelas pedras, no meio do mato, voltamos a trilha e fomos parar num bosque de verdade, árvores altas, e curiosos como nós decidimos subir um pouquinho mais. Logo depois voltamos para ficar na pedra, um lugar grande de onde temos a visão da cidade, e por ali ficamos, já estava anoitecendo e antes de ir embora eu parei e olhei para a cidade, e naquele momento eu queria ter uma câmera na mão, para registrar aquele momento, em que as luzes dos postes, pareciam velas acesas e espalhadas. Não sei como descrever, só vendo mesmo pra saber qual a sensação que se tem ali.
Descendo do monte viemos meio em silêncio porque o cansaço já estava tomando conta, mas para não desabar continuamos andando num pique até chegar em casa. Hoje me restaram algumas dores pelos músculos de tanto ficar fazendo esforço para subir nas pedras, e pular de uma para outra, mas confesso que eu gostei e muito, e em casa fiquei mais feliz ainda, por saber que o meu dia de natal foi diferente, agradeço a Deus por ter tido o privilégio, e já tenho planos de voltar lá.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Amigos amigos, Fogos de Artifício a parte.


É fim de ano, tem festa para todos os lados. Na casa dos amigos, com os parentes, no clube, na boate, na igreja... enfim, lugar para passar o natal e ano novo não faltam. Mas antes que você enxa a sua casa de gente ou saia, preste atenção naquela criaturinha que cuida de você, que te dá carinho incondicional, e mesmo que por vezes você não dê o mínimo de atenção, ele está ali.
Estou falando do seu animalzinho de estimação, o seu cachorro e até seu gato. Como sabemos, esses animais possuem ouvidos sensíveis, ouvem muito melhor que nós seres humanos, então, o que para você é diversão, para eles pode ser uma tortura. Exemplo disso, são os fogos de artifícios.
É muito comum que nessa época do ano, os animais fujam de casa, ou se percam de seus donos. Pelo simples fato de terem ouvidos sensíveis, os cachorros e gatos se assustam com o barulho dos Fogos, o que pode fazer com que eles tenham ataques cardíacos, e podem leva-los á morte, correm risco de morrer enforcados, caso estejam na coleira, que se machuquem em alguma briga com os outros animais da casa, ou que ataquem os seus próprios donos.
Para evitar uma série de complicações, e que sua casa esteja em harmonia tanto para você como para seu animal siga algumas orientações;
- Deixe seu animal tranquilo e seguro, evitando ambientes barulhentos e conturbados;
- Acomode seu animal em algum lugar que tenha iluminação e se possível um rádio por perto, para que ele não venha se assustar com o barulho dos fogos;
- No caso de filhotes coloque algodões em seus ouvidos e os acomode em algum lugar confortável e longe do barulho;
- Evite colocar coleira no seu cachorro, com o susto ele pode tentar correr se enrolar e acabar se enforcando;
- Dê alimentos leves para seu animal, pois o pânico pode provocar distúrbios digestivos;
- Deixe seu animal de estimação em algum lugar com pouco barulho, se possível, nenhum.

Boas Festas para todos!!

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Capacete bom.

Você pagaria 31.000 reais em um capacete?
Ai que absurdo! Dá pra comprar um carro.
É, dá mesmo pra comprar um carro novinho. Mas vamos saber porque o preço tão alto.
Claro que ele não é um simples capacete, e pelo preço dá pra imaginar que ele seja o capacete.
Um capacete simples de motociclista é constituído de isopor, espumas e outros tecidos na parte interior, já no casco, ou seja, a parte exterior tem plástico de engenharia e fibra de carbono, e a viseira é feita de policarbonato, um tipo de plástico transparente e resistente. Este capacete serve apenas para proteger e/ou reduzir uma lesão na cabeça do condutor.
Mas, vamos ao capacete em questão. É muito utilizado pelos corredores da Fórmula 1. Este é recoberto por 18 camadas de fibra de carbono, vidro e kevlar(malha sintética altamente resistente utilizada na fabricação cinto de segurança e coletes a prova de bala). Acolchoado e a viseira reforçada no policarbonato. Para testar a resistência do mesmo logo após sua fabricação, o capacete é exposto a uma temperatura de 800ºC por 30 segundos, no seu interior a temperatura não deve passar de 70ºC. Para que o capacete seja seguro e leve os seus parafusos são feitos de titâneo. O automobilista brasileiro Felipe Massa utiliza um que chega a pesar 1.350kg, e foi exatamente o que salvou sua vida ao ser atingido por uma mola a quase 300km/h.
Bonzinho o capacete né!!!

Num dia de folga...

365 dias do ano trabalhando sem parar, isso quando não tem 366. Todos tem seus calendários marcados, com feriados, natal, aniversário, dia dos namorados, ano novo, páscoa etc, etc e etc. Menos ele, o Super- Herói. Dia após dia é a mesma coisa, acorda bem cedo e dorme muito tarde, mas, talvez dormir seja um luxo, ao qual nem sempre dispõe. Já que tinha que estar disfarçado, e para sobreviver como qualquer pessoa normal, tinha que ter um emprego, um chefe daqueles, e dentre tantos poderes o maior era o da paciência, engolindo cobras e lagartos calado. Se seu chefe descobrisse com quem estava falando, talvez nunca mais o contrariasse, pelo simples fato de temer que sua empresa fosse demolida num piscar de olhos.
Festas? Confraternizações? Ele mal sabia o que era isso, estava o tempo todo ocupado, salvando o mundo. Então ele começou a notar que de tempos em tempos os vilões não atacavam, e o serviço que lhe restava era de evitar algum acidente. Um dia todos os vilões já tinham sido liquidados, ele pensou que teria um descanso, só então descobriu que estava enganado, os acidentes continuavam, assaltos, crimes cometidos por meros mortais. Seu trabalho não acabou. Nenhum obrigado, nem nada, era apenas mais um serviço, mais uma coisa comum do dia a dia.
Numa noite sentou-se numa pedra, olhou para a cidade e refletiu:
- Todas as pessoas tem férias, descansam, mas eu não. Apesar dos meus superpoderes eu me sinto cansado e estressado. Vou tirar um dia de folga, não é possível que o mundo vá desabar em apenas um dia.
Sobrevoando a cidade foi até seu apartamento, fez suas malas e saiu. Alugou um chalé bem longe da sua cidade, e pela primeira vez em todos seus anos de herói, pode dormir bem.
Ele mal via a hora de voltar pra casa, saber como estavam indo as coisas. Seu dia terminou, hora de voltar. Chegando na cidade, percebeu uma multidão revoltada. Ele na posição de um cidadão normal, perguntou o que estava acontecendo.
- O nosso Super- herói nos abandona quando precisamos dele, olha o que aconteceu; Muitas pessoas estão feridas na avenida, por causa de um acidente, e ele não estava aqui para socorrê-las. O banco foi roubado, deu uma chuva daquelas e inundou a cidade, tem crianças no hospital, os políticos abusam do poder, e onde está ele?
Pelo jeito, a coisa não estava boa. Foi para a casa, colocou seu uniforme e foi atender áquelas pessoas. Todos o vaiaram, xingavam e brigavam com ele, e antes que ele pudesse dizer algo, decidiram que não precisavam mais de um herói se ele não estaria ali para quando fosse necessário. Então alguém, uma moça olhou para ele, e esbravejando perguntou:
- Você não vai dizer nada?
Em meio aos burburinhos ele começou a falar;
- Eu passei todos os dias da minha vida lutando por vocês, salvando a vida de vocês das garras dos vilões e até de vocês mesmo. Quando os vilões foram liquidados eu pensei que teria uma folga, eu me enganei, continuei na luta como sempre, não ouvi um obrigado sequer. Eu também tenho as minhas necessidades, mas fui deixando de lado para cuidar de vocês. Um dia apenas que eu saí, e vocês só notaram minha ausência porque aconteceram essas catástrofes, e eu não estava por perto. Disseram que não precisam de um super herói, eu concordo, só o que precisam é pensar uns nos outros. Esse acidente não teria acontecido, se o motorista não tivesse ingerido bebida alcóolica, o banco talvez não teria sido roubado se os guardas estivessem a postos, mesmo roubado vocês tem policiais para quê? A cidade não estaria alagada se vocês não jogassem lixo pelas ruas, se as crianças estão no hospital, e eu ainda nem sei porque, mas os pais poderiam estar cuidando delas ao invés de saírem para festar e deixa-los sozinhos em casa, como eu já vi muitas vezes. E se os políticos roubam, ou tiram proveito do poder que lhes foram concedidos vocês são os responsáveis, nas eleições os corruptos estão fazendo sua campanha para se reeleger, e sabem por quê eles conseguem? Porque vocês os colocam lá denovo, vendem seus votos, sua dignidade, sua segurança e respeito. Vocês são a maioria, vocês o colocaram lá, então cobrem deles. A realidade é que vocês já estão acomodados...
Nesse momento todos olham para ele, num misto de espanto e indignação com o que ouviam.
- Vocês acostumaram que uma pessoa faça tudo por vocês, que vigiem enquanto vocês dormem, que cuide da tranquilidade enquanto fazem festas até altas horas, incomodando os seus vizinhos, que no dia seguinte a cidade esteja um brinco para que possam suja- la, que seus filhos estejam bem enquanto estão se divertindo num bar ou boate com os amigos ou conhecidos, que não venha ter nenhum atentado enquanto vocês se provocam, que a cidade esteja em paz enquanto assistem a novela ou o futebol numa tela plana. Eu vou embora, vocês não precisam de um herói para consertar as suas mancadas. É hora de crescerem e cuidarem de si mesmos. De hoje em diante não existirá herói, vocês serão seus próprios heróis, e fico mais tranquilo, por saber que essa decisão não partiu de mim, eu apenas concordei.
Logo depois o super partiu, deixando todos no centro da cidade, alguns desacreditados e outros com medo, mas, palavra é palavra, e assim foi. Nada mais de herói, nem superpoderes, as pessoas tinham que acreditar nos seus poderes, de ajudar uns aos outros, cuidar uns dos outros.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Abaixo-assinado contra o aumento nos salários do presidente da República, ministros e parlamentares. Dezembro/2010

Quanto tempo demora para um aumento no salário do trabalhador ?
O que você faz com vinte reais a mais no seu salário? O jeito é se contentar, já que o pão está custando quase 1 Real. O leite para seu filho está ficando cada vez mais caro. Se você quiser um dinheiro a mais, então venda suas férias e faça horas extras, ou serviços extras.
E seu 13º? Você fica o ano inteiro esperando por ele, isso quando tem o bendito. Caso contrário trabalhe mais se você quiser mais.
Então fica a pergunta. Por que nunca se fala em aumento de carga horária de trabalho para político? Eles tem oportunidades de fazer cursos, participar de seminários, com estadias, alimentação e transporte tudo pago, pelo meu dinheiro, pelo nosso dinheiro.
Assine o Abaixo- assinado e chega de cobrar, agora é impor os seus direitos;

Abaixo-assinado contra o aumento nos salários do presidente da República, ministros e parlamentares. Dezembro/2010

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

E os ciclistas?


Só este mês, dois acidentes envolvendo ciclistas foram destaques na programação local em Ariquemes, e estadual(Rondônia). Claro que não se descarta a possibilidade de que tenha acontecido outros no município ou no estado. A diferença entre os dois, é que, apenas um sobreviveu.
Uma das câmeras de segurança do transito de Ariquemes, registrou um dos momentos, em que o sinal estava vermelho, todos os veículos pararam, mas, uma moça ignorou e atravessou, a moto que vinha na avenida principal acabou colidindo com a ciclista, na tentativa de desviar para não bater mais forte o motociclista acabou batendo contra um poste.
Na outra situação, um senhor de idade atravessou em uma rotatória, nesse exato momento um caminhão que passava por ali acabou batendo, infelizmente este não teve escapatória e morreu no local. O motorista do caminhão foi localizado num trecho da BR 364 próximo a saída da cidade, na delegacia, alegou não ter visto o ciclista, por isso não parou.
Esses não foram os primeiros acidentes, todavia, na maior parte deles os maiores responsáveis são os próprios ciclistas, que também, batem o recorde de infração no trânsito.
É comum ver nas ruas e avenidas, ciclistas atravessando a faixa de pedestre pedalando a bicicleta, ou então, furando o sinal vermelho.
Devemos nos lembrar que a bicicleta é um veículo a tração humana, portanto também é necessário respeitar as leis do trânsito. O ciclista tem um privilégio na faixa de pedestre que qualquer outro não tem, ele pode descer do seu veículo e atravessar normalmente.
Quem gosta de andar pela rua, em plena semana com um capacete, cotoveleira, joelheira e luva? Niguém, nem eu. Mas são medidas de segurança, e muitas delas não deveriam ser ignoradas como por exemplo;
- O espelho retrovisor do lado esquerdo, ja que é preciso se manter sempre a margem direita da rua e/ou avenida, procure estar a vista do motoristas de carros e caminhões, ja que para os veículos de porte maior é difícil a visualização de veículos menores;
- Fique atento no trânsito, um simples descuido e um acidente pode ocorrer, por isso evite se distrair, olhando a paisagem ou com aparelhos de áudio em volume alto;
- Verifique sempre os freios da sua bike, você mais que ninguém corre um sério risco de vida;
- Mantenha os refletores sempre limpos, pois, algumas ruas não possuem iluminação, ou a energia pode cair;
- Evite ficar olhando para trás, atenção com o que vem a sua frente, só olhe se for realmente necessário;
- Cuidado ao entrar com tudo em cruzamentos, esquinas ou saídas de estacionamento;
- Não ande muito próximo ao meio fio;
- Como qualquer outro veículo, jamais ande na contramão;
- Não corra em pistas molhadas, e cuidado com os diferentes pisos e suas aderências;
- Respeite o pedestre, afinal, você também é um;
- Embora eu não concorde muito que tenha animais perambulando pelas ruas, mas é provável que se encontre, tome cuidado, animais tem reações inesperadas, portanto, evite assusta-los, assim você não o machucará e nem a si mesmo.

Neste link você pode conferir o código de trânsito brasileiro com regras relativas as bicicletas.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Quanto vale um bigode?


Não sei quantas vezes a minha mãe já me contou sobre a história do bigode e sua importância á alguns aninhos (to sendo generosa nos "aninhos"). Mas, depois de um tempinho observando o meu avô quando ele faz alguns negócios, sinto cada vez mais a presença do passado. Os ''Mir conto de réis", entretantas palavras que ainda fazem parte do seu vocabulário, me levaram a uma curiosidade interessante.
Ainda firme no gauchês (leia se - soutaque sulista), meu avô me conta sobre o valor que tinha um fio de bigode. Dele, poderia depender um pedaço de terra, sacos de arroz, uma casa, bois e o mais importante, a honra. Um fiozinho de bigode, era como um contrato, uma nota promissória, era uma garantia de que a palavra era cumprida ao pé da letra, sem tirar e nem colocar. Em tom de decepção ele disse, que "hoje em dia nem mesmo com a impressão digital, com pacto de sangue ou ação judicial, as pessoas respeitam seus compromissos".
Além da honra, o bigode representava competência, segurança, independência, sofisticação e sucesso. Não era atoa que muitos coronéis, capatazes, políticos entre outros, usavam bigodes, para provar que tinha capacidade de desempenhar seu papel, e serem influentes na sociedade.
Logo depois, bigode passou a ser considerado coisa de galã de novela ou de ator de cinema. Atualmente ele pode ser usado para dar um toque diferente no visual, ou agradar ou não uma pessoa.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

As Mídias Sociais nossas de cada dia.

Depois da febre do orkut que começou sendo restrito, apenas aqueles que ganhavam convites poderiam acessar o blog, agora estamos na era do Twitter. Devagarzinho os brasileiros estão aderindo ao Facebook, este é mais conhecido nos países europeus. E tem se mostrado uma ótima ferramenta para as empresas, que podem criar uma página.
De volta ao Twitter, é possível fazer inúmeras coisas nos 140 caracteres, como falar da sua empresa, chamar atenção para aquela matéria interessante, divulgar o seu humor, conversar com alguém, pedir uma simples informação ou apenas conversar sozinho, acontece as vezes.
O passarinho azul que de início assustava muita gente, hoje é quase um vício, e é literalmente uma forma de exposição sem privacidade de conversa a não ser que recorra ao serviço de mensagem. No fim das contas acaba sendo bom, pois você derepente tem interesses profissionais naquela empresa, de algum modo acaba chegando até ela. Descobre um curso, ou um evento para o seu fim de semana que a princípio estava vazio e pode chamar a galera pra curtir junto.
As mídias sociais são ótimas ferramentas, não é necessários ter todas, apenas as certas, aquelas que você precisa. Ela pode ser uma boa ferramenta para você ou pode ser um estorvo.
É um caminho que como fora da vida virtual, também se necessita de cuidados, entre uma curva e outra pode haver um ser malicioso que causam dandos irreparáveis, não só no seu computador, como também na sua vida real.

Como ser um fã'nático

Primeiro você deve ter o que ou quem adimirar.
Depois faça de tudo;
- Tenha a coleção inteira do seu time de futebol, desde o rodo até a pintura da parede;
- Guarde posteres de artistas e procure imita-lo em tudo, no modo de falar, de andar, de piscar, no corte de cabelo, até aquele arroto idiota.
- Faça declarações de amor sem sentido para aquele cantor sertanejo ou pop que está nas paradas;
- Esconda- se no guarda roupa ou se jogue na frente do carro daquele ator Liiinnnnndoooo, e arme o maior berreiro quando ele sai pra perguntar se você está bem;
- Arranje uma briga por causa daquela religião, ou mate em nome de Deus sabe o quê;
Ser fã é tão bom, quando você não deixa de se valorizar, de ter sua própria personalidade, de aprimorar-se para ser exatamente igual aquele artista da televisão. Claro que vivemos procurando em quem nos espelhar, é a nossa tendência, mas quando você deixa de ser você para ser outro, fica chato, até mesmo para o outro em questão. Ele é único, e você também, por isso não importa o que você faça, nunca vai ser aquela pessoa. Provavelmente conseguirá ganhar um apelido de fake, ou chato por tentar estragar a imagem do outro.

Cerebrum Vermis


Um dia você está entertido no trabalho e então começa cantar aquela musiquinha que você tripudiou quando ouviu ela na hora do almoço na Tv, no rádio ou no carro de som que estava perambulando.
Caminhando tranquilamente pela rua, indo para o serviço ou saindo dele você encontra aquele amigo, e começam a conversar, conversa vai e vem e no meio dela surge aquele "Harebaba" da novela da globo.
Em reunião com o chefe você só consegue lembrar daquela palavra que você leu naquele maldito folheto.
Cuidado, você pode estar tomado pelo Cerebrum Vermis ou verme cerebral.
O Cerebrum Vermis é aquela presença estranha detestável hospedada em seu cérebro. Calma gente, ele não tem um corpo, a não ser o seu é claro.
Como detectar um Cerebrum Vermis?
Costuma aparecer justamente quando você está trabalhando, estudando ou mesmo, não fazendo nada, derepente você se pega cantando aquela musiquinha odiável, principalmente a parte do refrão que tocou outro dia no rádio, ou então em algum lugar que você passou e acidentalmente ouviu. Pode ser notado também quando sem querer você deixar escapar a fala daquele personagem de desenho, do programa de humor, ou o mais comum que é aquele da novela. O verme afeta na sua maioria mulheres, pois estão mais expostas ás novelas das oito, os homens geralmente são afetados pelas músicas "sertanejas".
Tem aquele que você pega quando lê um folheto, um gibi ou algo que esteja na internet.
Prevenção;
Apesar dos bombardeios diários através da indústria musical ou da mídia, é aconselhável uma prevenção. Não estou falando de uma espécie de camisinha para os ouvidos ou para os olhos, estou falando de uma ação que possa inibir e enfraquecer esses vermes, a ponto de deixá-los tolerável.
Escute boas músicas, leia bons livros, pratique esportes, plante uma árvore, faça aquele almoço ou jantar.
Cura;
Não há cura, ele apenas será controlado com as indicações dadas na prevenção, em casos mais sérios o verme pode fazer com que o seu hospedeiro tenha aversão pelo bom gosto, e tente infectar o mais próximo utilizando recursos que possa ser ouvidos ou vistos pelo seu alvo.

sábado, 13 de novembro de 2010

Realidade Nua e Crua

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) tem gerado muita polêmica, por causa das falhas detectadas nas provas.
A imagem retrata um protesto realizado por estudantes na praça da Cinelândia , no centro do Rio de Janeiro, nessa sexta-feira (12), manifestações como essa foram acompanhadas em outras partes do país.
Resumindo os capítulos anteriores, além das críticas de todos os lados, protestos por parte de estudantes, um risco de anulação da prova, houve um pedido para a demissão de Fernando Haddad atual ministro da Educação, pedido esse feito por Paulo Bornhausen líder do DEM.
Mas entre um problema e outro, a imagen acima me chamou a anteção por um detalhe. Um cartaz branco escrito "Estudante Não é cobaia!!!". O destaque á palavra "não", me trouxe uma reflexão sobre o papel de estudante e também do professor. Apesar da indignação expressada, e com razão, podemos chegar a conclusão de que, estudante é, e sempre foi cobaia, desde que o mundo passou se modernizar. Enquanto nós, na condição de alunos estamos dentro da sala aula, estudando os conteúdos, do outro lado estão pedagogos, doutores em educação, estudando um modo de transmitir esses conteúdos, e de atualiza- los. Nessa nova era, em que a tecnologia influencia na vida das pessoas inclusive do sujeito chamado estudante, é importante que o corpo docente esteja preparado para atender as novas exigências. E para que isso aconteça, muitas experiências são realizadas a fim de concluir mais uma etapa do método de ensino, o qual está sempre em transformação. Provas como a do ENEM são realizadas para testar não só o aprendizado do aluno, mas, também o método de ensino.
Ou seja, estamos andando constantemente no labirinto do ensino, passando por vários níveis, só corre na rodinha quem pensa que a conta se resume em 2+2.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Clientes versus funcionários.

No mercado de trabalho a área de vendas é o que mais cresce, para atender lojas, de confecções, calçados, utilidades, veículos automotivos, materiais para construção, restaurantes, cafés e etc... E esse mercado exige uma boa preparação por parte do empregado, desde o funcionário da limpeza até o dono da loja. A pergunta é: Por que? E a resposta é simples. -Porque você precisa de clientes.
Para obter esses clientes, é necessário o local de compras, com produtos de boa qualidade, e claro, alguem que possa atender a ele. E é justamente aí que entra o trabalho do funcionário da empresa, pois ele deve causar uma boa impressão para que esse cliente não compre apenas uma vez, mas, várias vezes.
Atualmente tem um impasse entre "Clientes exigentes versus Bons Funcionários".
No que realmente o cliente está exigente?
Como é o bom funcionário?
De que maneira você pode saber quem é o cliente em potencial?
Seguramente que você não tem uma bola de cristal, e muito menos é adivinho, mas existe uma maneira mais eficaz de se ter um cliente em potencial. Tratando o bem, sem importar a idade, sexo, cor ou nível social. Você não só estará conquistando um cliente, mas um amigo, que traz amigos, e amigos que trazem os amigos.
É satisfatório para ambos os lados, tanto para o cliente quanto para a empresa. Mas ultimamente parte do corpo da empresa tem demonstrando um comportamento estranho. Para ser mas clara, estou falando justamente dos atendentes.
Exemplo:
Um dia uma colega de curso saiu as pressas com o marido de carro, ele a deixou no centro para comprar umas roupas e sandálias para ela e para a filha, não demorou muito para que começasse a chover, entrou em uma loja de calçados, esta, uma das mais indicada no ramo de calçados em Ariquemes. Não tinha muita gente na loja, mas ninguém foi atender, avistando uma vendedora minha colega parcialmente molhada, se dirigiu até ela, mas a mesma a ignorou e fugiu. A sensação da minha colega foi de constrangimento, pois, dúvidas pairavam sobre ela. Será que era por que ela estava molhada e de chinelo de dedo?
Outra situação aconteceu com a minha mãe, geralmente anda de chinelo de dedo, bermuda e camiseta, ao adentrar em uma loja os vendedores ficaram olhando de lonje, como eu já tinha passado por uma situação em que fui ignorada, puxei ela pelo braço e levei a outra loja.
Eu não gosto muito de fazer compras em Porto Velho, raramente você encontra um bom tratamento nas lojas. Lembro que certa vez, estava pesquisando preço de vestido longo, ao passar em frente a vitrine de uma loja eu parei totalmente, o vestido era lindo, então entrei, ciente de como funcionava ali, fui até uma das vendedoras, está me perguntou num tom desagradável; "O que você quer?"
Eu fiquei pasma, não acreditei no que tinha acabado de ouvir, simplismente respondi; "Eu queria, não quero mais."- Virei as costas e saí.
Até hoje me lembro de que a única vez que fiz uma boa venda, considerando o fato de que era vendedora novata, para mim aquilo foi uma super venda. Certo dia chegou um senhor, de pargata, camisa e calças velhas, as unhas e os dedos com um pouco de terra, e mãos calejadas, todos os outros vendedores correram daquele homem, mas eu desci eu fui atendê- lo então ele me pediu pra indicar uma moto, procurei saber para que ele utilizaria, como era de se esperar ele queria uma moto para o trabalho no sítio, indiquei a ele duas motos, que poderiam tanto ser usados no serviço como para passeio. Ele tirou do bolso um bolo de dinheiro dizendo que queria fazer um financiamento, e me pediu todas as orientações, ali tinha o suficiente pra pagar quase o valor inteiro da moto, infelizmente eu não tinha autorização para fazer o financiamento e fui obrigada a passar a venda para um interno, fiquei fula da cara, apesar de ter recebido a comissão eu tinha uma cota de vendas a cumprir, mas somente consórcio. No mês seguinte aquele senhor retornou a loja para quitar de vez o valor da moto, então ele disse que voltaria para adquirir uma outra moto para a filha dele. Como eu era vendedora externa e trabalhava sempre na rua, acabei perdendo a venda, pois disseram a ele que eu não trabalhava mais lá.
Comportamentos como esses, de ignorar, fazer com que uma pessoa se sinta humilhada por causa das suas vestes, ou calçado podem levar a empresa perder um um ótimo cliente. Vale lembrar que a propaganda de boca a boca pode reforçar ou desmentir aquela propaganda que passa na televisão ou no rádio.
Talvez seja necessário que a empresa faça uma capacitação, ou reciclagem de seus funcionários, em um mercado tão cheio de possibilidades, deve haver também oportunidades para que as pessoas que trabalham com outras pessoas possam ter um momento para relaxar, tenha uma boa saúde física e mental. Gerar lucros é importante, mas uma empresa é levada mais a sério quando o seu corpo de funcionários não fica mudando o tempo inteiro.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Inversões.

Hoje foi um dia muito interessante, um pouco estranho, mas, interessante. Um fenômeno maravilhoso conhecido como Halo Solar apareceu em algumas cidades do estado de Rondônia, bem segundo alguns estudos, o anel colorido visto em redor do Sol, prenuncia frio ou tempestades. Esse fenômeno é mais comum nas noites de lua cheia, quando está prestes a chover.
Algumas pessoas ficaram assustadas, pudera, tem uma promessa de que em 2012 o mundo pode acabar, e muitos evangélicos anunciam a volta de Jesus, segundo a bíblia, ninguém jamais saberá realmente o dia em que o Jesus voltará - "Esteja Preparado, Se o pai de família soubesse a que hora viria o ladrão, vigiaria e não deixaria que fosse arrombada a sua casa. Por isso ficai também vós apercebidos; porque, à hora em que não cuidais, o Filho do homem virá. S. Mat. 24:43 e 44."
Inclusive o apresentador de um programa de Rondônia, deixou o assunto um pouco humorado, ao ver os comentários sobre pessoas assustadas, claro que não é nada demais, aliás o fenômeno é tão bonito. No início da semana um astrólogo falou sobre o assunto do fim dos tempos, por causa de uma colisão que a terra poderá sofrer. Como o próprio astrólogo explicou, e que de fato pode ser constatado, o mundo acaba para aqueles que partem dessa vida, e o fato de o mundo acabar em 2012 pode apenas ser uma nova fase, uma transição.
Bem, mas não é disso que quero falar realmente.
Eu sou uma entre tantas pessoas que acredita que, a música, o esporte pode ser uma fuga, um caminho a ser trilhado longe das drogas e da marginalidade, já vi acontecer.
Quando eu trabalhava em uma rádio web, fiz a seguinte pergunta a um jornalista o qual respeito muito. Digamos que, ele tem uma parcelinha de culpa de eu ter gosto pelo mundo da comunicação. A pergunta foi mais ou menos assim: O que você acha de ter aulas de música nas escolas públicas? - Em resposta ele disse: - Acredito que deveria sim ter estudos sobre música nas escolas, isso poderia influenciar na vida das crianças e adolescentes, para que cresçam homens e mulheres de bem. Quem sabe poderíamos ver os Mozart's e Villa Lobos dos nossos tempos... Foi mais ou menos isso, eu não lembro bem, afinal essa conversa tem três anos, e o trabalho numa rádio web em que você está o tempo todo interagindo, conversando com ouvintes atendendo pedidos, é meio complicado lembrar de tudo.
Eu sempre tive gosto pela música, meu sonho era poder estudar música, tanto que fiz aulas de técnicas vocais, e violão, mas esse último não me interessou muito. Me identifiquei tanto com trabalhos com voz, que acredito que isso tenha sido a causa de eu ter amado trabalhar como locutora, apesar da remuneração não ser lá muito boa. Um dia me fizeram uma proposta, para ir trabalhar dando aula de canto em uma escola, eu topei, até porque o proprietário vendeu ela pra um incompetente, e ela faliu de vez. Nessa escola eu descobri que estava vindo um curso superior de música, na hora eu vibrei de alegria e tristeza ao mesmo tempo. Um curso de música, quem poderia imaginar, mas eu não tinha a mínima noção de partitura, tão pouco tocava algum instrumento, mas era aquele o momento, a chance de poder estudar música. Vou tentar, por que não? Cheguei em casa feliz da vida e contei para minha mãe sobre o curso, ela disse que Deus estava me dando um presente, e que era pra agarrar com vontade. Acontece que depois novamente eu fiquei feliz e decepcionada, porque o curso não era bacharelado, e sim Licenciatura, ou seja para formar professores de música, até previ a raiva que poderia passar. Fiz o vestibular e fui classificada, e mesmo assim continuei num misto de felicidade e decepção. Com o tempo eu fui aprendendo a respeitar o curso, aprendi tanta coisa, que jamais pensei que fosse aprender, eu comecei a olhar para a Música de uma maneira diferente, respeitar o esporte, a opinião das pessoas sobre determinados assuntos, embora nem sempre concorde. Aquilo era realmente algo de Deus, porque as pessoas envolvidas com a música eram pessoas diferentes, pessoas do bem, lutadoras e vencedoras, por mais difícil que estivesse a situação. Eu estava fascinada com tudo isso.
Mas, algumas coisas foram acontecendo, que me feriram, me desiludiram, me oprimiram... Começando pelo lugar de onde eu jamais esperaria sofrer decepções e acusações, no templo, conhecida como Igreja, é uma história muito longa e chata. A outra foi descobrir, que aquilo que eu acreditava que poderia manter as pessoas longe da marginalidade e das drogas, na verdade poderia mante-las mais perto.
Temos o caso de Bruno Fernandes das Dores de Souza, conhecido como goleiro Bruno, o cara é um dos ícones do futebol, nascido no seio de uma família pobre, criado na periferia, tinha um sonho grande de jogar futebol, com esforço ele conseguiu, mas agora sua vida se resume a nada. Carrega uma acusação de assassinato, prática de orgias, e usuário de drogas.
Cazuza, um revolucionário da música brasileira, um rapaz que tinha tudo para que sua estrela brilhasse cada vez mais, mas a boemia e as drogas o colocou no fundo de uma cova.
Renato Russo, ahhhh Renato Russo, quem nunca ouviu falar? Suas músicas estão vivas, como se o próprio estivesse vivo, mas em vida estava morto, era soro positivo, usuário de drogas e bebida alcoólica...
Então me fiz a seguinte pergunta: Se a música é um meio de afastar as pessoas da marginalidade e das drogas, então por que esses grandes pensadores, compositores, considerados heróis da música ou do esporte acabaram com suas vidas exatamente nas drogas? E a única resposta mais óbvia que encontrei foi a seguinte.
Todo remédio deve ser tomado moderadamente, e de acordo com orientações, caso seja consumido de forma exagerada, pode causar danos irreparáveis, até mesmo a morte.
Se alguém tiver algo diferente para me explicar, ou corrigir, por favor falem ou escrevam.

Que dúvida cruel...

Hoje mais uma vez não pude conter minha curiosidade, ainda não descobri se isso é bom ou ruim. Mas o fato é que, quando você está sozinho em casa e não tem nada por fazer, ou você se entedia ou trata de fazer alguma coisa. Ontem na parte da tarde eu fiquei pesquisando no Google algo para ler, mas isso é uma ironia né, sempre tem algo para ler, mas sabe quando você já está de saco cheio. E tem sido assim, Enem, prova, tarefa, fofoca e bla bla bla...
Pela manhã eu fiz o serviço de casa que não é muito, pelo simples fato de não ter bagunça e de já ter feito uma faxina, terminando eu liguei meu note e fui para o vício virtual, sabe aquela febre dos 140 caracteres, ele mesmo o twitter. E se for reparar no meu twitter eu geralmente sigo as revistas, sites de jornais mundiais, alguns entrenimentos e ainda consigo fazer twit-amizades, e espiando as atualizações dos amigos, uma me chamou atenção. Não pelo fato de ser muito importante, mas também não desmerece, nessa eu descobri também que o café com chocolate é bom demais, no meu caso é descafeinado por causa da bendita enxaqueca. Voltando ao assunto, o jornalista Domingues Junior de Rondônia, publicou em seu blog uma crônica sobre "Frases de Banheiro", o que me chamou atenção foi o seguinte, eu nunca pensei sobre isso, aliás, quando eu estudava no Ricardo Cantanhede poucas eram as vezes que eu utilizava o sanitário, até porque eu detestava olhar nas paredes os rabiscos e até uns vestígios de fezes. Nunca me aventurei, se assim posso dizer, a riscar portas e paredes, nem mesmo as carteiras em sala de aula, eu vivia fugindo das rabiscadas, até mesmo porque eu ficava "P" da cara quando chegava na escola carteiras novinhas e em menos de uma semana já estavam rabiscadas, depois as críticas partia dos pais sem dó nem piedade. E não sei se é porque minha mãe sempre me ensinou que rabiscar paredes, portas e carteiras era vandalismo, eu cresci detestando coisas como essa, mas, nunca me impediu de pensar no porquê as pessoas faziam aquilo.
"Será que é porque fica difícil de sair? Será que, se concentrar demais em fazer o serviço fluem as idéias? Ou será que naquele momento além de sair o que foi digerido ainda sai o que tem no cérebro?". Tá bem, eu peguei um pouco pesado nessa última, mas o que leva uma pessoa a fazer tal coisa?
E em resposta a publicação do querido amigo Domingues Junior, no banheiro feminino não tem nada demais, digo isso porque ja tive algumas terríveis experiências em banheiros públicos, principalmente nas escolas, as meninas costumam enviar mensagens para alguma rival, ou então escrevem o nome do "amado", isso quando não resolvem ofender anonimamente alguém da escola, já cheguei até ver um recado que marcava um local pra dar uma surra na fulaninha, ou então tem aquela em que alguém coloca o nome e o número de telefone de outra pessoa, dizendo que é para ligar e marcar uma hora para sexo. Afff, são tantas baixarias, infantilidades, e tem mais, as meninas também escrevem nas portas quem elas pegaram. No mais, "eu sou linda. A força da sua inveja é a velocidade do meu sucesso. Se sua luz não brilha, não tente apagar a minha..." alguns provérbios, uns versículos da bíblia. Em restaurantes em beira de estrada, dá até nojo de olhar para as paredes, quanto mais para o vaso sanitário, e a única coisa que me ocorre no momento é... Eu tenho muita pena da pessoa que limpa isso aqui.
Em banheiros de rodoviária, eu ainda não entendi o esquema, também nunca parei pra perguntar, mas tem sempre uma senhora com uma caixinha na mesa que cobra cinquenta centavos, pensa num banheiro nojento, pra piorar temos os banheiros dentro dos ônibus, esse é realmente terrível, o ar condicionado está ligado, e a bexiga vai enchendo, mas só de chegar perto da porta já da pra sentir aquele odor terrível, lá dentro é preciso coragem para usar aquilo, aquela sensação de desconforto e nojo, as vezes você está pisando na urina, que alguém fez ali no chão. A única diferença é que, na porta dos banheiros dos ônibus, não tem rabisco, pelo menos que eu tenha visto.
Apesar de tudo, eu ainda quero descobrir, por que as pessoas rabiscam as portas dos banheiros?

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Emprego bom ou salário bom?


Alguma vez você já imaginou poder ganhar 11.420 reais por mês? E o que você acharia de 16.512 reais? Se além do salário, você recebesse o 13º, 14º e um 15º ! E não para por aí. Fora o seu salário mensal e o 15º você ainda pudesse ter um, auxílio a moradia, um vale saúde digno de clínicas especializadas, tratamentos odontológicos e também, ajuda com o seu meio de transporte. Incluindo despesas de viagens, combustível para o seu carro, segurança, passagens aéreas, assinatura de jornais e revistas, telefone, gráficas, correios, consultoria... opa! consultoria? - Sim. Consultoria, mas calmaí que já estamos chegando lá.
Ou seja, imagine você tendo a sua disposição e de sua família um pacote completo de benefícios pessoais. Seria maravilhoso não é mesmo? Um sonho realizado, talvez você não precisaria mais se preocupar todo o final de mês com aquela conta de energia, ou da internet, ou com a moto que está quase sem combustível e seus pneus carecas, você poderia comprar uma cartela de danoninho para seu filho ou filhos a cada semana, a esposa poderia ir ao cabeleireiro, manicure pedicure, spá a cada três meses, o esposo poderia comprar aquele carro tão sonhado, o X-box, um bar para colocar dentro de casa... Certo, certo. Agora vamos parar de sonhar.
Tudo o que foi colocado nos parágrafos acima é uma realidade, sonho para uns, pesadelo para outros, depende muito do ponto de vista.
Lembra dos 11.420 reais? Esse é o salário do presidente da república no Brasil. Ele pode escolher morar no Palácio da Alvorada ou na Granja do Torto que apesar do nome, de granja não tem nada. As compras de alimentação do presidente e os gastos de domicílio são custeados pelo estado.
Já os senadores e deputados recebem 16.512 reais, e além dos benefícios já citados, os deputados têm direito de contratar até 25 assessores, com custo total de 60 mil reais, e ainda recebem cotas mensais que podem chegar a 34 mil reais para os custos de escritório político (aluguel, telefone, serviços postais...). Podem escolher se aderem o plano de servidores da Casa ou, pedir o reembolso de serviços particulares, sem limite de valor. Os senadores tem uma indenização de 15 mil por mês para manter o escritório, tem a disposição verbas específicas para viagens de avião, gráficas, consultoria e etc. Também, sem limites de gasto tanto para ele quanto para seus dependentes, com direito a uma verba de 26 mil reais para despesas odontológicas e psicoterápicas.
Com base nos dados de pesquisa realizada pela Catho Online o salário do presidente equivale a de um profissional com curso de MBA (master in business administration), traduzindo, um Especialista em Administração, em cargo de gerência. O salário dos parlamentares equivale a de um pós graduado e com especialização em cargo de diretoria.
Em entrevista com a revista VEJA o Sociólogo Humberto Dantas, doutor em ciências políticas pela Univerdade de São Paulo diz que a remuneração de um presidente é razoável diante das responsabilidade do cargo.
-“Ser presidente pode ser algo excelente, mas é também uma atividade que exige sacrifícios e dedicação integral”.
-“Se um executivo do mercado tivesse tantas responsabilidades quanto tem um presidente da República, 80.000 reais seriam pouco para ele.”, Mas e sempre é necessário lembrar: a carreira política tem como objetivo, na essência, servir à população, não enriquecer – por mais que alguns insistam em usá-la para isso.
Dantas faz uma observação sobre a estrutura que cerca os congressistas, e diz ser um exagero.
-“É uma estrutura inchada, que atende quase que somente a interesses eleitorais, para dar publicidade à ação e à figura do parlamentar e, em última instância, reelegê-lo”
-“Os assessores contratados trabalham como cabos eleitorais e há pagamento de favores com verbas oficiais, o que não parece a forma mais correta de fazer política.”

Ao todo, são 513 deputados e 81 senadores integrantes do Congresso, o que dificulta e muito o trabalho de fiscalização dos recursos que são disponibilizados.
Ou seja, a vida do político é totalmente diferente se comparada a de um trabalhador comum.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Deliciosa Novidade do Café Cravo e Canela.


Em breve a loja Café, Cravo e Canela de Porto Velho, colocará no ar um blog.
Com a já adiquirida experiência na arte de uma maravilhosa tortura via twitter @, a loja pretende fazer do blog, um espaço para discutir temas recorrentes ao ambiente da cafeteria, incluindo também assuntos como política, leitura, dicas e claro, o que não poderia faltar, as deliciosas receitas.
Confesso que estou super ansiosa para conhecer a loja pessoalmente, além do que, os elogios no twitter são muitos.
Agora é só aguardar e aguar. = *)

Paul McCartney surpreende no show em Porto Alegre




O ex Beatle realiza dois shows no Brasil, um aconteceu no último domingo dia 7 de novembro em Porto Alegre, no estádio Beira Rio, sua próxima apresentação será em São Paulo no dia 21 no estádio do Morumbi. O local do evento foi confirmado pelo Departamento de Marketing do São Paulo Esporte Clube.
Paul McCartney surpreende seus fãs na capital gaúcha, ao prestar uma homenagem a Linda, sua falecida esposa, com quem teve quatro filhos, e aos fãs brasileiros. Paul fala algumas palavras em português, com ajuda de uma cola, antes de tocar a música My Love:
"Eu escrevi essa música para minha gatinha Linda, mas esta noite ela é para todos os namorados"
O cantor arrisca mais palavras, muitas delas expressões gaúchas, como o Bah, Tchê, Obrigado Gaúchos.
A noite foi marcada também pelo carisma e simpatia de Paul, atendendo a um desejo de duas fãs, eles as chama no palco para autografar seus braços. Porto Alegre sem dúvida teve uma noite de muitas emoções, alegria, surpresa, euforia. Um misto de emoções, notadas nas expressões dos fãs que estavam presentes.
Próxima parada, São Paulo. Então, só me resta desejar bom show para os paulistas.
Clique aqui para assistir um pedacinho do show em Porto Alegre.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

O tráfico de voto.


Parece até brincadeira, ao mesmo tempo em que a compra de votos pode render uma punição para o candidato, do outro lado está quem vende, e com ele, o que acontece?
Podemos entender da seguinte maneira, se uma pessoa for pega comprando ou vendendo entorpecentes, na certa vai presa, mas compra de voto é tão ilegal quanto a compra de drogas, então deveríamos supor que, se alguém vendesse o seu voto, este também deveria ser punido.
Infelizmente ao vermos uma matéria em algum noticiário de que o candidato fulano comprou votos, ficamos indignados, o chamamos de ladrão, mas vamos entender; Digamos que na sua casa tenha algo que pertence a família inteira, se você pegar esse objeto e vender sem que os outros da casa saibam para se beneficiar sozinho, você será considerado um ladrão, porque vendeu algo que não era só seu. Do mesmo modo é o voto, ele é seu, mas não se pode esquecer de que a casa (leia se cidade, estado ou país) não é só sua, portanto se você vender para ter algum benefício, não só estará se prejudicando, como estará contribuindo para que o restante da casa possa ser prejudicada também, ou seja você estará roubando duas vezes.
Tive o desprazer de acompanhar algumas campanhas, pelo seguinte fato, uma equipe de reportagem de um candidato saiu para as ruas, buscando pessoas que pudessem dizer algo sobre o trabalho do candidato, e pasmem, não foram poucas as pessoas que perguntaram: "Quanto vão me pagar?". O produtor logo disse que o trabalho dele era colher testemunho e não comprar pessoas.
Venda de voto também é crime, contra sua cidade, seu estado, seu país e pior contra você mesmo.
Comprar e vender voto, segundo a legislação (artigo 299 do Código Eleitoral), configura crime de corrupção eleitoral, com pena prevista de um a quatro anos de reclusão e pagamento de cinco a 15 dias-multa.

A política e a Igreja.

A Igreja e a Política são duas forças antagônicas que levantam muitos argumentos, perguntas e dúvidas. Como podemos definir a política? Ela pode se misturar com a Igreja?
Hinkelammert define política como: A arte do possível, a política entra na consciência atual a partir do momento no qual o homem começa a modelar a sociedade com base em projetos de uma sociedade a construir.
Corbisier em sua obra As Institutas da Religião Cristã. Define política como: A ciência da conquista “voto” organização e conservação do poder.
Munayer define corretamente os termos polis e eklesia como exercícios naturais, organizações ou poderes antagônicos que foi completada com a definição de John Stott: Política é a arte de viver juntos em comunidade é a ciência de governar (P.28,1994).
Por vota dos anos 90, houve uma preocupação com o envolvimento dos cristãos com a política, questões como "Por que e para que,entrar na política?", para melhor participar das estruturas seculares.
Em 1986 o Brasil se torna o primeiro país com a presença significativa eleitoral e parlamentar de protestantes, formando assim a bancada evangélica, recentemente essa bancada esteve envolvida em escandalos, como sangessuga e superfaturamentos das ambulâncias.
Novamente os conflitos em torno da Igreja e da política se divergem, apresentados sob forma de protestos de que a igreja não deve se meter com a política, mas a igreja atual tem lutado com este conceito.
Podemos argumentar que política e igreja realmente não se misturam, já que estão envolvidas num jogo de poder, para que nenhum dos dois lados tenha seu território invadido. Quando a política se mistura com a religião, a igreja perde a essência religiosa e profética.
Jesus ao criar a igreja, não teve a intenção de que fosse uma organização poderosa, mas que fosse disseminada na sociedade imperceptivelmente, fazendo com que esta impedisse a deterioração da sociedade.
Para entender claramente as definições de política e igreja, podemos levar em conta o seguinte versículo segundo as palavras de Jesus; Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus (Mat 22.21). Essas palavras expressam dois princípios; primeiro a existência de dois poderes; o Estado sendo reino terreno e a Igreja sendo, corpo místico de Cristo. Segundo: Esses dois poderes são essencialmente de natureza diferente, assim como seus fins.

domingo, 10 de outubro de 2010

VI Seminário Integrador Presencial

Encerrou -se mais uma atividade no pólo de musica de Ariquemes. O sexto Seminario Integrador do curso de Licenciatura em música, no ensino a distância pela universidade Federal do Rio Grande do Sul, que aconteceu do dia 18 a 22 de setembro.

O seminário contou com a presença do professor Fernando Mattos , bacharel e doutor em música com habilitação em violão clássico, e do tutor na Universidade Leandro Serafim graduando em flauta doce, e trompetista.

E como toda semana de seminário, a alegria, o estresse, o nervosismo, e as brincadeiras estiveram presentes. Ensaios com a turma do teclado ficou sob responsabilidade do Tutor Serafim, e os ensaios do violão com o professor Fernando.

Sobre os olhos atentos dos colegas, do tutor e do professor, cada grupo apresentou um jogral, que foi corrigido e avaliado cuidadosamente durante a semana.

No ultimo dia, todos estavam apreensivos, ansiosos para saber qual era o parecer do tutor e professor sobre os alunos do pólo, depois da resposta, todos agradeceram a presença dos mesmos com uma salva de palmas, finalizando assim o sexto seminário integrador.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Chegando o dia...


Rondônia assim como o restante do país passa por um novo momento, com a aprovação do projeto Ficha Limpa, e a espera do ministro a ser nomeado pelo presidente da república para desempatar a decisão da aplicação da Lei nesta eleição ou na próxima, resta ao eleitor dizer sim ou não, aos fichas sujas.
Segue abaixo uma lista dos candidatos indeferidos com base na Lei Ficha Limpa:

Adilson Rodrigues Tulio - PPS - Crimes contra a fé pública;
Altamiro Souza da Silva - PMN - Contas rejeitadas;
Augustinho Pastore - PP - Contas rejeitadas;
Carlos Alberto de Azevedo Camurça - PP - Contas rejeitadas;
Daniela Santana Amorim - PP - Abuso de Poder Econômico e Improbidade Administrativa;
Ernandes Santos Amorim - PTB - Improbidade Administrativa;
Expedito Junior - PSDB - Abuso do Poder Econômico e Captação Ilícita de Sufrágio;
Irandir Oliveira Souza - PMN - Contas Rejeitadas , Crimes Contra a Fé Pública e Improbidade Administrativa;
Ivo Narciso Cassol - Abuso do Poder Político e Econômico e Captação Ilícita de Sufrágio;
Jair Miotto - PP - Improbidade Administrativa;
João Ricardo Gerolomo de Mendonça - PTB - Crimes contra a Administração Pública e Patrimônio Público e Crimes por Formação de Quadrilha;
José Alves Vieira Guedes - PMDB - Contas Rejeitadas;
José Carlos de Oliveira - PRB - Crimes contra a Administração Pública e Patrimônio Público, Crimes por Formação de Quadrilha e Prática de Conduta Vedada a Agente Público;
Joventino Ferreira Neto - PC do B - Demitido do Serviço Público em decorrência de Processo Administrativo e Judicial;
Marcos Donadon - PMDB - Crimes Contra a Fé Publica, Administração Pública e Patrimônio Público, Crimes por Formação de Quadrilha e Improbidade Administrativa;
Marlon Donadon - PRB - Abuso de Poder Político e Econômico;
Melkisedek Donadon - PHS - Abuso do Poder Econômico;
Natan Donadon - PMDB - Crime contra a Administração Pública e Patrimônio Público, Crimes por Formação de Quadrilha e Improbidade Administrativa;
Oldemar Antônio Fortes - PT do B - Contas Rejeitadas;
Ronilton Rodrigues Reis - PR - Crimes contra a Administração Pública e Patrimônio Público, Crimes por Formação de Quadrilha e Prática de Conduta Vedada a Agente Público;
Samuel Marques dos Santos -PR - Contas Rejeitadas e Improbidades Administrativas;
Sueli Alves Aragão - PMDB - Improbidade Administrativa;
Valdelise Marins dos Santos Ferreira - PR - Abuso de Poder Econômica e Captação Ilícita de Sufrágio;
Zulmira Senhora de Brito - PMDB - Crime Contra a Administração Pública.

Para maiores informações acesse o Site do TRE - http://www.tre-ro.gov.br/ e clique em Ficha Limpa - Lista de Candidatos Indeferidos.

Fonte: Tribunal Regional Eleitoral

domingo, 19 de setembro de 2010

Me acompanhe por favor...

Senhoras e senhores, vamos raciocinar um pouco aqui.
Você paga impostos absurdos, ganha pouco, alguns meios de comunicação produzem distrações fúteis, paira o medo de que seu filho venha entrar no mundo das drogas e alcool, você é destratado em alguns orgãos públicos, a insegurança passa a ser seu companheiro de caminhada cada vez que você sai de sua casa ou mesmo dentro dela. E tudo o que vemos nos jornais são brigas entre candidatos, seguidas de denúncias e acusações, isso quando não está em todos os jornais do país a prisão de um político corrupto que roubou até milhões em um estado, ou município.
Por que será que isso acontece?
Assistindo um debate de governadores do estado de Rondônia, pude perceber que as pessoas gostam mesmo é de ser enganadas, ou pelo menos lucram para fazer com que outras acreditem. Eleitores brigam entre si, por causa de candidatos em alguns casos chegam ao ponto de matar, e não estou inventando, em algumas cidades do nordeste por exemplo, se você falar mal do candidato de uma pessoa, corre o risco de levar um tiro na cara.
Futilidade ou ignorância?
As pessoas poderiam pensar o seguinte, candidato é candidato, perdendo ou ganhando eles irão se cumprimentar, fazer pose para as fotos, apertar as mãos e seguir a vida, no fim das contas quem corre o risco de se ferrar é a população já que provavelmente ficarão nas mãos de um governo sem vergonha, mesmo que podendo ser acusado, pode sair livre, caso venha recorrer.
Pense bem!
Qual é a maneira mais fácil de manter você ocupado para não se intrometer na política e nos assuntos relacionados a melhora do seu país?